Atendimento Médico Permanente

Funciona 24h/dia, 365 dias/ano e não é necessária marcação.

Como chegar? Saiba aqui

As consultas de perturbações do sono estão vocacionadas preferencialmente para o diagnóstico e tratamento do SAOS.

Neste sentido, desenvolvem-se em consultas de 1ª vez e de seguimento, previamente agendadas e suportadas por um estudo do sono positivo.

O que é o SAOS?

O Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) é uma das perturbações do sono mais frequentemente descritas. Tem uma elevada incidência e prevalência na comunidade afectando 2 a 4% da população adulta mundial. É uma doença respiratória relacionada com o sono e os seus sinais, sintomas e consequências são o resultado directo das alterações decorrentes do colapso repetitivo respiratório das vias aéreas superiores:

  • Fragmentação do sono;
  • Alterações das concentrações dos gases no sangue (hipoxemia, hipercapnia);
  • Oscilações da pressão intratorácica;
  • Aumento da actividade nervosa simpática.

As suas repercussões refletem-se na hipersonolência diurna, na diminuição global da qualidade de vida nas suas várias dimensões, na possibilidade acrescida da ocorrência de acidentes de viação assim como no aumento e maior gravidade das doenças cardiovasculares.

Em que grupos se encontram inseridos os adultos com alto risco para SAOS?

  • Obesos com IMC> 35;
  • Doença cardiovascular: Doença coronária, Insuficiência cardíaca, HTA refractária ao tratamento, Arritmias noturnas, Fibrilhação auricular;
  • Diabetes mellitus tipo2;
  • Doença cérebro-vascular;
  • Condutores de alto risco – pesados, transportes públicos.

Quais os principais sintomas do SAOS?

  • Apneias nocturnas visíveis;
  • Roncopatia;
  • Engasgamento ou sufocação nocturna;
  • Sonolência excessiva sem causa plausível aparente;
  • Sono não reparador;
  • Fragmentação do sono/manutenção de insónia;
  • Nictúria;
  • Cefaleias matinais;
  • Capacidade de concentração diminuída;
  • Perda da memória;
  • Diminuição da líbido;
  • Irritabilidade.

A necessidade de um diagnóstico preciso de SAOS e a estratificação da sua  gravidade tem como objectivo a identificação atempada dos doentes em risco de desenvolverem possíveis complicações e o planeamento da terapêutica adequada a cada caso.

Exames diagnóstico de SAOS.

O Estudo cardio-respiratório do sono nocturno é o exame mais frequentemente efectuado. Consiste num registo nocturno contínuo de diversas variáveis respiratórias, cardíacas, posicionais e de movimentos do corpo sem registo de electroencefalografia.

É um exame simplificado quando comparado à polissonografia, fácil de realizar, utilizando equipamento simples, portátil, no domicílio do doente e que está indicado nos doentes com alta probabilidade de SAOS moderado ou grave.

A Polissonografia é o exame gold standard, completo, sensível e específico. Necessita de equipamento sofisticado, efectua-se em regime de internamento em laboratório de sono e está indicado sempre que existam comorbilidades muito graves e nos doentes com estudos simplificados negativos mas com alta probabilidade de SAOS moderado ou grave.

Médica: